Seguidores

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Schwarzenegger assina lei que autoriza casamento gay.

por Adalberto Jessé

O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, assinou a legislação que reconhece os casamentos entre pessoas do mesmo sexo sancionados em outros Estados norte-americanos durante os quase cinco meses que tais uniões foram consideradas ilegais na Califórnia. Schwarzenegger disse que a ação é consistente com uma decisão da Suprema Corte estadual que defende a união legal entre pessoas do mesmo sexo que se casaram na Califórnia antes de eleitores aprovarem a Proposição 8 - uma emenda constitucional estadual aprovada em novembro que limitou o casamento para entre um homem e uma mulher.

A legislação assinada pelo governador também determina que casais homossexuais que se casaram em outros Estados depois da aprovação da Proposição 8 tenham os mesmos direitos e benefícios que a Califórnia concede aos parceiros domésticos.

Outra legislação assinada por Schwarzenegger cria no Estado um dia de reconhecimento ao político gay Harvey Milk, revertendo um veto a uma legislação similar um ano antes. Há um ano, o governador disse que Milk deveria ser honrado localmente. O gabinete dele anunciou a assinatura da proposta em comunicado, mas não informou por que Schwarzenegger mudou de postura. O dia escolhido foi 22 de maio, quando Milk comemorava aniversário.

Milk foi eleito para o Conselho de Supervisores de São Francisco em 1977. De acordo com a legislação, ele foi o primeiro homem abertamente gay a ser eleito para um cargo público em uma importante cidade dos Estados Unidos. Ele foi assassinado em 1978 por um ex-supervisor da cidade.

Fonte: O Estadão.

3 comentários:

Ricardo disse...

Olha, Schwarzenegger já me decepcionou muito, principalmente na ocasião em que negou o pedido de clemência a Stan "Tookie" Williams (foi condenado a pena de morte por injeção letal). Porém nem tudo está perdido, pois ao assinar essa nova lei e criar um dia em homenagem a Milk deu um grande paço em direção a Democracia Plena e Laica. E isso num país onde os grupos religiosos se laçam na política de forma bem menos velada que no Brasil.
Bons ventos trazem essa notícia, pois isso pode repercutir positivamente aqui no Brasil. Temos o hábito de receber e copiar muitas das novidades estrangeiras, principalmente o que vem dos Estados Unidos. Tomara os políticos daqui, no afã de se mostrarem antenados com os acontecimentos mundiais, se permitam agir de forma a eliminar uma das muitas injustiças que existem em nosso país.
A Marcha que a comunidade LGBT organizou em Washington nesse domingo e as declarações de Obama em prol dos homossexuais no sábado também surgem como indicativos de melhorias por lá. Vamos ver o que vai acontecer por aqui.
Abração!

Gato de Cheshire disse...

Já ouvi dizer mais de uma vez que o Schwarzenegger é muito melhor governador do que ator... Bem, vamos combinar que nem é tão dificil assim, mas brincadeiras a parte, fico contente q ele tenha tido essa postura... Akele homem grande, com um ar meio truculento assina e fala em nosso favor, n seria inocente de pensar q se trata de uma simples questão de soliedariedade, mas idependente das causas fico contente com a consequencia....

Gato de Cheshire disse...

Meninos sumidos... Cadê vcs???

Dia 31/10/2009 é DIA VERDE na blogsfera saiba mais:

http://img340.imageshack.us/img340/8733/diaverde1.jpg

(cole o link no seu navegador)